unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

Como abrir uma cafeteria: passo a passo com tudo o que você precisa saber

A bebida queridinha dos brasileiros dá o nome desse charmoso tipo de empreendimento: as cafeterias são lugares agradáveis para encontrar a família e amigos, fazer reuniões de negócios, ter encontros românticos ou momentos a sós.

Mas, embora a bebida seja o carro chefe, se você está se perguntando como abrir uma cafeteria, saiba que há muitos aspectos a se levar em conta. Neste post, reunimos um apanhado de informações para ponderar na hora de dar o pontapé inicial nesse tipo de negócio promissor.


Precisa abastecer o estoque do seu negócio? Vem para o Compra Agora!

Vale a pena investir em uma cafeteria?

O Brasil é um dos principais produtores de café do mundo há, pelo menos, 150 anos. A bebida faz parte da identidade brasileira e o hábito do cafezinho é extremamente arraigado no nosso cotidiano, e inclusive, está em crescimento, como mostra o estudo divulgado pela Forbes. 

Isso explica porque o setor do café tem ganhado espaço em feiras de negócios e se mostrado como uma ótima opção de investimento para os donos de padarias, confeitarias e, claro, cafeterias. 

LEIA MAIS: É possível abrir um negócio com pouco dinheiro? Saiba como começar

Primeiros passos para abrir uma cafeteria

Para abrir uma cafeteria, existe um checklist de itens indispensáveis para que seu negócio já comece com o pé direito. Planejamento e estudo são palavras-chave para que o empreendimento obtenha sucesso. Eis algumas das primeiras providências que você, empreendedor, deverá tomar:

Escolher um modelo de negócio e um público alvo

Qual vai ser a personalidade do seu café? E o público-alvo? Essas perguntas devem ser algumas das primeiras na hora de pensar em como abrir uma cafeteria. Isso porque diferentes públicos se comportam e consomem de diferentes maneiras, e tentar agradar a todos geralmente resulta em um negócio frágil e ineficiente.

Pessoas com menos de 20 anos provavelmente não vão querer explorar sabores mais sofisticados e produtos mais caros, como um público mais velho faria. E, por exemplo, pessoas que têm cargos home office e gostam de trabalhar em cafeterias, não irão frequentar o ambiente se ele for barulhento.

Sua cafeteria pode ser mais descolada e descontraída, ou mais tranquila e reservada. Pode ser focada em lanches rápidos, ou mais dedicada a uma experiência sensorial para os paladares e gostos mais exigentes. Você decide!

LEIA MAIS: Por que investir em produtos sem lactose pode ser benéfico para a sua loja

Escolher um local estratégico

Como mencionamos anteriormente, a faixa etária, o perfil e os hábitos de consumo do seu público-alvo irão impactar nas decisões que você precisará tomar para o seu negócio, e o ponto comercial onde sua cafeteria irá operar não será diferente.

Em quais bairros da sua cidade o seu público alvo se concentra? Quais locais ele frequenta, e de que forma sua cafeteria poderia se inserir nesse caminho? Ao mesmo tempo, é interessante estudar onde está a carência do seu perfil de futuros clientes. Existe alguma falta a ser suprida que sua cafeteria poderia preencher em termos de localização?

Escolher móveis e maquinário

Os móveis dependerão muito do estilo que sua cafeteria terá: podem ser rústicos ou modernos, de madeira ou outros materiais. Isso irá impactar na estética e no preço final da montagem. Os móveis a serem escolhidos geralmente são:

  • Balcão
  • Armários
  • Mesas de diferentes tamanhos
  • Bancos
  • Cadeiras

As mesas devem permitir mobilidade tanto para as pessoas que forem comer, quanto para as que estiverem circulando no local. As cadeiras ou bancos devem ser confortáveis, para que seu cliente queira passar mais tempo dentro do seu negócio.

Quanto ao maquinário, as necessidades são maiores, assim como as exigências. É preciso pesquisar sobre a qualidade das marcas e modelos disponíveis no mercado. Os equipamentos mais comuns na hora de abrir uma cafeteria são:

  • Máquina de café profissional manual ou automática
  • Moedor de café
  • Freezer
  • Estufa para salgados
  • Balcão refrigerado
  • Microondas
  • Fogão industrial
  • Caixa registradora
  • Computador ou notebook
  • Aparelho de som para música ambiente

LEIA MAIS: Decoração de cafeteria: o que não pode faltar no design do estabelecimento que é tendência

Agir em conformidade com as regularizações

Tenha em mente que alguns trâmites burocráticos serão essenciais, como:

  • CNPJ
  • Contrato de locação ou venda
  • Alvará de funcionamento
  • Licença sanitária e licença de funcionamento
  • Vistorias e licenças obtidas junto ao Corpo de Bombeiros

Planejar o cardápio

Você pode escolher entre um cardápio enxuto, com ingredientes simples, ou em um cardápio mais diversificado e que explore muitos sabores. Novamente, isso irá depender do público. Caso pretenda oferecer cafés diferenciados e gourmets, é preciso entender do assunto para selecionar grãos e torras de qualidade.

É possível incluir itens feitos na própria cafeteria, ou feitos e entregues por fornecedores. Alguns dos itens indispensáveis para se ter no cardápio são:

  • Cafés quentes e cafés gelados
  • Equilíbrio entre opções de doces e salgados
  • Sucos, refrigerantes, chás e cafés descafeinados

Lembre-se que você vai precisar abastecer seu estoque com leite, para fazer cappuccinos e outras receitas semelhantes, queijos e manteigas para oferecer junto a croissants, sanduíches ou tábuas de frios, e ,caso queira opções de cafés da manhã, também pode ser bacana incluir opções saudáveis como iogurtes com granola.

Pode ser interessante trabalhar com um cardápio pequeno, porém funcional, nos primeiros meses de funcionamento, e ir expandindo aos poucos. Isso pode evitar que o seu negócio se proponha a querer oferecer muitas opções de uma vez e não consiga dar conta da demanda.

Contratar uma equipe

Escolher bem sua equipe tem um peso determinante no sucesso do seu negócio. Uma equipe dedicada e comprometida, e que saiba atender bem, pode ser o fator diferencial que irá fidelizar ou perder um cliente para sempre.

Procure contratar pessoas que se comuniquem bem, sejam simpáticas e pró-ativas, e submeta todas a um treinamento, ressaltando a importância de boas práticas de higiene nos manuseios de alimentos, e agilidade e atenção na hora de atender o público. Na internet, há diversos cursos gratuitos de boas práticas para quem trabalha neste setor. Você e sua equipe devem saber todos os ensinamentos na ponta da língua!

Você deverá ter na sua equipe:

  • Garçons
  • Caixa
  • Cozinheiros
  • Baristas
  • Auxiliar de limpeza
  • Gerente ou subgerente

Estudar

Tanto para contratar e supervisionar a equipe, quanto para entender o mercado, você deverá saber mais do que ninguém tudo sobre o nicho de cafeterias e o ramo de cafés!

Faça um curso de barista, leia livros e reportagens sobre o assunto, pratique e troque muitas ideias com outros especialistas. 

LEIA MAIS: Sebrae tem curso gratuito de Marketing Digital para pequenos empreendedores

O que você achou de conhecer mais sobre como abrir uma cafeteria?

No nosso blog você encontra diversos conteúdos voltados para tendências de mercado, varejo e novos produtos que, com certeza, irão ajudar o seu negócio a crescer e conquistar mais clientes. Abaixo sugerimos outras leituras que podem ser úteis:

Encante e fidelize novos públicos através da oferta de produtos de qualidade! Quer saber mais ou ficou com alguma dúvida? Fale com a gente!


Veja também