unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

Como vender mais com prateleiras de mercado organizadas

Gôndolas de mercado de madeira com produtos expostos organizadamente

Talvez você não saiba, mas as prateleiras de mercado organizadas aumentam as vendas.

Junto com produtos de qualidade, você também precisa saber como organizar a loja para que os clientes se sintam à vontade. Afinal, o visual merchandising contribui para a autoridade e lucratividade dos negócios.

O sentido da visão é responsável por 70% das informações que captamos do mundo ao nosso redor. Você já pensou como organizar a loja visando esse estímulo?

Para isso, além da arquitetura, iluminação e técnicas de otimização de espaço, a organização das prateleiras precisa ser pensada para tornar a experiência de compra descomplicada para o cliente. Veja as dicas que reunimos.

LEIA MAIS: O que é marketing de experiência e como aplicar o conceito na sua loja

Como organizar prateleiras de mercado: o essencial

O ambiente de um mercado pode influenciar diretamente nas decisões de compra de um consumidor. A organização das prateleiras deve seguir uma linha de raciocínio que induza o cliente a fazer as melhores escolhas de produtos, sem que ele perceba. 

Organizar pelos níveis de altura

Esse cuidado que citamos já começa no momento de dispor os itens ao longo das prateleiras, conforme as recomendações: 

  • Produtos expostos acima da cabeça: Por estar acima do campo de visão, nesse espaço devem ser colocados os produtos com baixa demanda, e que os consumidores procuram em momentos muito específicos.
  • Produtos expostos na altura dos olhos: Considerada uma região nobre, serve para os produtos que rendem mais lucro, e também para aqueles com maior chance de serem comprados por impulso.
  • Produtos expostos na linha da cintura: Esse é o segundo melhor ponto de exposição. Ideal para produtos com grande procura e maior popularidade, itens que sejam muito importantes no dia a dia dos consumidores.
  • Produtos expostos abaixo da cintura: Por serem fora do campo de visão dos clientes, esse espaço é ideal para os produtos de marcas menos procuradas e com preços mais baixos.
  • Produtos expostos no chão: Produtos pesados e de difícil movimentação, como sacos de carvão, por exemplo. 

Organizar horizontal e verticalmente

Ainda seguindo o raciocínio de compra, digamos que seu cliente esteja procurando por shampoo para cabelos oleosos. Ao percorrer o corredor de higiene pessoal, seus olhos vão passear horizontalmente primeiro por sabonetes, desodorantes, cremes, até encontrar o shampoo. Só então ele irá procurar de modo vertical o produto que ele mais gosta ou com melhor preço.

Não deixar buracos nas prateleiras

Espaços vazios nas prateleiras causam má impressão. Sua equipe de reposição deve estar sempre atenta para organizar e abastecer as prateleiras ao longo do dia. Para isso, também é importante ter um cuidado com o estoque dos seus produtos.

Não deixar itens sem preço

Além de ser um direito do consumidor que todos os produtos estejam exibidos com seus preços correspondentes, isso facilita o processo de compra.

Certifique-se de que as etiquetas de precificação ofereçam boa visibilidade para todos e estejam atualizadas, para que não haja dúvidas e erros.

LEIA MAIS: Como vender mais: confira as dicas da Diageo

O que mais considerar ao organizar sua loja

A jornada do consumidor deve seguir um equilíbrio: para que o cliente consuma mais, seu tempo de permanência na sua loja deve ser alto. Mas, ao mesmo tempo, é importante que o processo de compra seja dinâmico para o cliente, para que ele não se aborreça com dificuldades na hora de achar o que ele busca.

Colaboradores distribuídos por pontos estratégicos do seu mercado devem estar prontos para tirar possíveis dúvidas. Invista também em uma comunicação clara indicando que tipos de produtos podem ser encontrados em cada corredor.

Aposte em mecanismos que seduzem o consumidor, como música ambiente, decorações criativas e degustações de produtos. 

LEIA MAIS: O que fazer para montar uma fachada de loja atrativa para o seu negócio

Estude o seu público-alvo

Por fim, será que você sabe os principais hábitos de consumo de seus clientes? Pode parecer besteira, mas apostar em uma ambientação completa para seu público pode ser uma excelente escolha para aumentar as vendas.

Considere o perfil e os trejeitos mais marcantes de seu público-alvo, e foque nisso.

Se os maiores consumidores de legumes e vegetais de seu mercado são chefes de família, por que não dedicar algumas prateleiras desta área para a exposição de queijos e vinhos? Essa simples atitude pode aumentar o seu ticket médio.

O que você achou de conhecer mais sobre como organizar as prateleiras do seu negócio?

No nosso blog você encontra diversos conteúdos voltados para tendências de mercado, varejo e novos produtos que, com certeza, irão ajudar o seu negócio a crescer e conquistar mais clientes. Abaixo sugerimos outras leituras que podem ser úteis:

Nas nossas redes sociais, você pode acompanhar o Cresça Agora, nossa série de dicas valiosas para você e sua equipe colocarem em prática. Toda semana tem conteúdo novo no nosso Instagram e TikTok. 

Encante e fidelize novos públicos através da oferta de produtos de qualidade! Quer saber mais ou ficou com alguma dúvida? Fale com a gente!


Veja também