unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

Ações necessárias para otimizar suas vendas online

Mãos de dois homens aparecem fazendo anotações em papéis, e na mesma mesa há dois notebooks abertos com imagens de gráficos.

É natural que empresários se preocupem com seus resultados e queiram melhorar a performance das vendas. Mas, nem sempre isso é tão simples, ainda mais no contexto do e-commerce.

Muitas empresas ainda não conhecem todas as estratégias de vendas e divulgação em meio a abundante disponibilidade de plataformas digitais. Por isso, separamos algumas dicas para otimizar as vendas online do seu negócio e atrelar tecnologia a rendimento.

LEIA MAIS: Cinco dicas para impulsionar o e-commerce em datas sazonais

Por que as vendas online são importantes?

A facilidade das compras online revolucionou o varejo e hoje é um pilar importante no faturamento de qualquer empresa.

Dispor somente das vendas de pontos físicos é perder uma grande oportunidade de lucrar mais, e se deixar vulnerável a condições que podem variar muito, como o movimento de pessoas visitando a sua loja. 

As vendas online rompem com as barreiras temporais e geográficas e facilitam a vida de vendedores e compradores. Contar com estratégias de vendas online aumenta a credibilidade e a visibilidade da sua empresa, permitindo um maior alcance da mesma. 

Estratégias para aumentar as vendas online

Quando falamos em vendas online abrangemos todas as formas de venda que não exigem presencialidade.

Quer sua empresa venda pelo WhatsApp, redes sociais, ou tenha um site próprio, poderá se beneficiar das dicas que daremos. No entanto, desenvolver um site para sua empresa é um grande passo para otimizar sua estratégia de vendas online.

Os mecanismos de busca tendem a exibir sites próprios nos primeiros lugares dos resultados de pesquisa, o que atrai mais visitantes em potencial para sua página. Além disso, um site próprio transmite muito mais profissionalismo. Para que sua estratégia de vendas tenha a melhor performance possível, atente-se às dicas que separamos.

LEIA MAIS: Como montar uma loja virtual: passo a passo para transformar seu negócio em digital

Conheça seu público alvo

Entender o perfil, o comportamento e as necessidades do seu público é o que vai orientar toda a sua estratégia de vendas online. Essas informações permitem que você encontre o tom de voz certo para se comunicar com essas pessoas, além de saber exatamente qual a solução que sua empresa pode oferecer para cativar esses clientes em potencial. 

Aposte na experiência do usuário

O processo de compra precisa ser fácil para o cliente. A concorrência é grande, e caso o consumidor encontre dificuldades para concluir ou até mesmo para começar a compra, ele irá fechar sua página e visitar a do concorrente. Alguns cuidados são essenciais para uma boa experiência do usuário:

  • Tenha um site fácil de navegar tanto pelo desktop quando pelo celular
  • Certifique-se de que o tempo de carregamento do site é rápido e satisfatório
  • Deixe todas as informações como preços, prazo de entrega, políticas de troca e formas de contato bem visíveis para o cliente
  • A maioria dos usuários prefere não entrar em contato para fazer uma compra, mas gosta de ter a opção de se comunicar com a empresa caso necessite
  • Mantenha abas com promoções e vantagens

Invista nas redes sociais

Investir em um site não exclui a necessidade de manter suas redes sociais atualizadas. Na verdade, a estratégia omnichannel, também conhecida como multicanal, é fundamental para empresas que desejam otimizar suas vendas online. O cliente deve ter facilidade de encontrar a sua loja através do meio que ele considera melhor.

  • Assim como em seu site, mantenha as informações importantes bem visíveis para os visitantes da sua página
  • O tempo de resposta é uma métrica importante: não deixe seus clientes esperando
  • Use e abuse das redes sociais como catálogos dos seus produtos
  • Mantenha suas redes sociais organizadas e sem poluição visual

LEIA MAIS: WhatsApp, Instagram e Facebook: como usar as redes sociais em seu negócio

5 técnicas de venda para elevar resultados

As técnicas para vender mais não se restringem somente aos pontos físicos. As vendas online também obedecem a um conjunto de práticas que, quando aplicadas, melhoram os resultados do seu negócio.

No entanto, antes de falarmos sobre essas práticas, é preciso ter claro o conceito de funil de vendas.

O funil de vendas é uma representação da jornada de compra do cliente, ou seja, o caminho que ele percorre a partir do momento que conhece o seu negócio até a hora em que ele conclui o pedido.

  • Topo do funil

Imagine uma pirâmide. Bem em cima temos o chamado topo de funil, que corresponde aos visitantes que acabam de chegar no seu site ou em suas redes sociais. Talvez eles ainda nem saibam que padecem de um problema e que sua empresa é a melhor solução para eles. Nesse primeiro contato, o visitante pode descobrir que tem uma dor e que você se propõe a resolvê-la.

  • Meio do funil 

Depois que o visitante identifica que tem um problema a ser solucionado e conhece a sua marca como opção, ele precisa ser convencido de que o seu negócio, e não o do seu concorrente, é a melhor alternativa para ele.

Nessa etapa, a autoridade e credibilidade que sua empresa transmite farão toda a diferença. Como falaremos adiante, investir em marketing de conteúdo é uma estratégia de ouro para levar o cliente em potencial para o fundo do funil. 

  • Fundo do funil

O seu lead já identificou que tem um problema que carece de solução e entendeu que sua marca é a mais adequada para ajudá-lo. Agora é só convertê-lo de lead para cliente. Aí é que as estratégias de venda entram para dar o empurrãozinho que falta.

1- Cross selling e up selling

O cross selling consiste em oferecer produtos relacionados àqueles que o cliente está comprando. Na sua loja física, a indução dessas combinações pode ser feita ao colocar dois produtos relacionados juntos, como macarrão, molho de tomate e queijo ralado na mesma prateleira. 

No e-commerce é parecido: abas como “Você também pode se interessar por esses outros produtos” e “Produtos sugeridos” fazem sucesso e aumentam seu ticket médio.

Já o up selling é uma estratégia para convencer o consumidor de que a versão superior do produto em questão é a mais adequada para ele, como um upgrade. Uma estratégia é colocar preços similares em produtos de diferentes tamanhos, por exemplo: um chocolate de 80g por R$6,00 e um de 120g por R$7,90. 

2- Gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são um incentivo a mais na decisão de compra. Eles mexem com o senso de urgência e com a emoção do consumidor.

Uma vez que o seu lead já sabe que a sua empresa oferece a melhor escolha, é importante não permitir que ele escape, deixe a compra para depois ou mude de ideia. Alguns gatilhos mentais infalíveis são:

  • Escassez: “últimas unidades disponíveis”, “a oferta acaba hoje” 
  • Prova social: inserir depoimentos de outros consumidores que aprovam seu produto e/ou serviço
  • Reciprocidade: “ao comprar valor x ganhe frete grátis”

3- Remarketing

O remarketing consiste em exibir anúncios do seu produto para leads que já visitaram sua página e mostraram interesse no que você vende. Através de anúncios pagos pelo Google você pode se manter no campo de visão dos clientes em potencial, para que eles se sintam ainda mais induzidos a comprarem de você.

4- Tráfego pago

O tráfego pago é uma forma de direcionar seu conteúdo para um público específico, com tendência maior de comprar do seu negócio. Essa técnica consiste em anúncios que dão maior visibilidade para a sua marca e a posicionam acima das concorrentes nos resultados de pesquisas. Os tipos de mídias pagas mais famosas hoje são o Facebook Ads e o Google Ads.

5- Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é o que estamos fazendo aqui! Você está lendo essa matéria no blog do Compra Agora: através de conteúdos interessantes para o nosso público, podemos transmitir o que sabemos para ajudá-lo, e assim, nossos clientes irão confiar mais na nossa marca. 

Você pode e deve fazer o mesmo com o seu negócio. Tenha espaço para um blog no seu site ou use o seu Instagram para postagens que agreguem valor na vida dos seus clientes.

LEIA MAIS: Como vender mais: confira as dicas da Diageo

Acompanhe as métricas de resultado

Após todo esse investimento de tempo e recursos, você precisa constatar que tudo isso trará resultados, certo? Por isso é importante ficar de olho na taxa de conversão de vendas.

A taxa de conversão de vendas é uma das métricas utilizadas para dizer quantos clientes fecharam negócio com você. No caso do varejo ou de uma promoção, a venda direta é o principal tópico de conversão, mas, para outra frentes de negócio, pode ser o preenchimento de um formulário ou uma ligação. 

Os índices apontados pela taxa de conversão de vendas não somente dizem ao empreendedor quantos clientes realizaram alguma compra em seu negócio, mas também apontam quantos visitantes de uma página online se fidelizaram.

Para que um empreendedor consiga calcular sua taxa de conversão de vendas, ele precisa dividir o número de conversões pelo número total de visitas ou contatos.

Por exemplo, se um site obteve um total de 1.000 visitas e realizou 500 vendas, fazemos assim: dividimos o número de vendas (conversões) pelo total de visitas ou contatos feitos pelos clientes, e então multiplicamos por 100. Veja abaixo: 

  • (Conversões/Total de visitas ou contatos) x 100 = taxa de conversão de vendas em %

    (500/1.000) x 100

0,5 x 100

50 = taxa de conversão

Ou seja, a taxa de conversão de vendas do site que usamos como exemplo é de 50%.

É importante que empreendedores tenham sempre em mente que a taxa de conversão de vendas ideal é algo muito particular de cada negócio.

Enquanto 25% pode ser uma taxa muito baixa para um negócio, ela pode ser a taxa ideal para outro. Tudo depende dos objetivos que aquela empresa pretende atingir.

LEIA MAIS: Como fazer parcerias comerciais

Dica bônus

Tudo o que falamos ao longo do texto irá cooperar para que suas vendas (e consequentemente sua taxa de conversão) obtenham êxito através via online. Mas, para garantir que tudo esteja funcionando conforme o esperado, faça testes.

Abra suas redes sociais e o seu site e navegue do modo como um visitante faria. Preencha formulários, procure produtos, comece e tente concluir uma compra. Realmente se coloque no lugar do cliente. Assim, será possível identificar problemas que possam atrapalhar a experiência do usuário.

Além disso, esteja de olho nas práticas dos concorrentes e aprenda com eles o que fazer e o que evitar.

O que você achou de conhecer mais sobre estratégias para otimizar suas vendas online?

No nosso blog você encontra diversos conteúdos voltados para tendências de mercado, varejo e novos produtos que, com certeza, irão ajudar o seu negócio a crescer e conquistar mais clientes. Abaixo sugerimos outras leituras que podem ser úteis:

Nas nossas redes sociais, você pode acompanhar o Cresça Agora, nossa série de dicas valiosas para você e sua equipe colocarem em prática. Toda semana tem conteúdo novo no nosso Instagram e TikTok.

Encante e fidelize novos públicos através da oferta de produtos de qualidade! Quer saber mais ou ficou com alguma dúvida? Fale com a gente!


Veja também